Inspiração e geometria em perfeita harmonia

O caminho a ser seguido já repousava ali há tempos, bem aos pés de todos, nos hexágonos do piso da casa tombada. Estavam lá conectados, em forma plana, com seus lados regulares a apresentar desenhos e apontar possibilidades.

Entretanto os olhos da mente e da alma de Tânia, mesmo alimentados a vida inteira por linhas e padrões geométricos, olhavam somente para cima e para o futuro, estudando, buscando referências e conversando com outras pessoas, pois ela sempre soube que nenhum grande trabalho nasce sozinho.

A Designer aprendeu desde cedo que o doce sabor da vida surge da união, do conjunto, do trabalho de uma equipe na qual cada um tem sua função e constrói um pedacinho, unindo e unidos. Todos os dias. Assim como as abelhas em uma grande colméia, produzindo mel.

Quando o olhar do futuro (em constante conexão com todas as tendências, inclusive arquitetônicas) cruzou com a sabedoria do passado (com referências a Pitágoras e a magia dos números), o encontro foi profundo. Surgia então, com consistência, força, beleza e doçura, a certeza dos passos a serem dados.

Daí veio (e vem!) a construção de todo caminho: do logotipo, da decoração, do jeito de trabalhar, de cada coleção, de cada sapato. A forma eleita? Hexágonos, claro. Todos, sem exceção, em harmonia com o conjunto e com a natureza. E a cada favo que se constrói e que se une aos já existentes; a cada produto que se cria, único ou em coleção, se expressa a concretização de um sonho que merece ser compartilhado.